*

Notas Oficiais da Presidência Nacional

OS FATOS RELACIONADOS ÀS ELEIÇÕES DE 2014

O Federalista, partido político em formação, na defesa inarredável das liberdades civis, da democracia, da autonomia dos estados e cidades, ouvidos o Conselho Consultivo e a Diretoria, vem de público externar sua análise e conclusões em face dos resultados das Eleições Presidenciais de 2014:

 

1. Toda Democracia devidamente fundada nos valores da transparência plena, da lisura processual, da igualdade de oportunidades a todos, tanto do debate quanto da decisão sobre ideias propostas, deve ter seus resultados profundamente respeitados, sejam quais forem. Mas, infelizmente,  o modelo democrático brasileiro carece dos elementos necessários para sua confiabilidade, transparência, lisura e ética. 

 

2. São lamentáveis os fatos ocorridos no processo eleitoral brasileiro, que não atendem os pressupostos de uma democracia transparente, a começar pela impossibilidade de auditoria física dos votos consignados pelos eleitores que compareceram. O País está claramente sob o comando de estranhas combinações e decisões que partem das autoridades federais e até das altas cortes judiciárias do País, contrariando a vontade maior da Nação, especialmente neste pleito, quando a massa popular de protesto, de oposição, pela alternância de poder, era impressionantemente grande, expressão, aliás, que há anos não se via pelo País em eleições, salvo nos Movimentos Sociais ocorridos nas ruas em junho e julho de 2013. Os resultados das urnas eletrônicas escandalizaram o País. 

 

3. Na inexistência de qualquer prova do que afirmamos, pelo menos por enquanto, mas que certamente, é a opinião de milhões de brasileiros, pela clara percepção dos fatos, não resta outra atitude a tomar senão, manter forte fiscalização dos atos da gestão que se mantem, e, ato contínuo, ampliar as reivindicações pelas reformas estruturais que tanto se clamou, na busca da redução da carga tributária, da burocracia e da corrupção, e da forte centralização dos poderes no Governo Federal. Apoiamos ainda, desde já, todas as medidas judiciais cabíveis que partidos e a Sociedade Brasileira decidirem promover, conclamando pela Legalidade e Transparência dos atos praticados por agente públicos e dos Poderes Constituídos. 

 

4. Tais reformas passam necessariamente pela revisão do modelo federativo, sendo imprescindível que se adote o modelo federalista de autonomias plenas dos estados, desde a autonomia tributária, até a legislativa, passando pela judiciária e administrativa, a exemplo de modelos avançados no Canadá, Estados Unidos, Suíça e Alemanha.  O Brasil precisa ser Refundado!  O Federalista tem o Projeto de Nação, tem um ensaio constitucional, tem um partido estatutariamente estruturado e formalizado como pessoa jurídica, restando tão somente sua homologação conforme prevê a Lei dos Partidos. 

 

5. Posto isto, diante da crise de confiabilidade e esperança sobre o futuro que se desenha com a situação na qual o Brasil sobrevive, os Federalistas convocam a massa de indignados para uma ação inteligente, objetiva, prática e que trará os resultados almejados por todos, que é um Brasil decente, justo e próspero: assinar o apoio ao registro do Partido Federalista. O apoio não é filiação. Para Refundar o Brasil é necessário que tais propostas sejam conduzidas por um partido político e agora o Povo Brasileiro pode dispor deste partido, bastando para tanto, cada cidadão eleitor, unir-se aos 510 mil brasileiros que ingressarão para a História do Brasil como apoiadores da Refundação deste País. 

 

Com o Partido registrado até junho/15, será possível reunir, sob a legalidade, a massa de cidadãos ávidos por determinarem, pela força da democracia de pressão, suplantar a falta de confiabilidade dos aparatos eletrônicos eleitorais implantados para manter o Povo na escravidão. E já começar a promover a ocupação política com os novos ideais já nas eleições de 2016, abrindo o caminho para a Grande Virada para um Brasil Federalista em 2018. Cabe agora a você cidadão brasileiro, usar a força da sua indignação na direção objetiva, tendo como primeiro desafio, o simples apoio ao registro, seguindo as respectivas instruções contidas no formulário disponível no sítio oficial: www.federalista.org.br  - e provarmos que, Juntos, é possível! #chegadebrasilia! 

 

 

Brasília, DF, 28 de Outubro de 2014. 

 

 

Partido Federalista
Thomas Korontai
Presidente Nacional
www.federalista.org.br  

Onde deseja compartilhar?

Deixe aqui seu comentário

Participe